Autor: Walker de Alencar

Arquitetura PHP: MBCV

Após algumas pesquisas, acabei criando um modelo que ficou focado em 4 camadas distintas aumentando suas responsabilidades, o qual denominei MBCV, nada mais é do que a sequência de nível de camadas: Model <-> Busines <-> Controller <-> View, as quais explicarei brevemente: Model A camada de Model foi a mais impactada pois, por padrão os desenvolvedores estão acostumados a manipular basicamente banco de dados, no nosso caso, manipulamos: Bancos, Webservices, XML, CSV, XPDL, etc. Sendo assim, a Model teve que ficar mais poderosa ou seja, assumir a responsabilidade de manipular as fontes de dados, quaisquer que fossem e trazer...

Read More

Arquitetura PHP: Decisões

A tomada de decisões sobre o que utilizar pode ser mais complexa do que parece, apesar de já termos em mente algo que seria mais adequado para uma arquitetura com base no que já utilizamos ou mesmo nas novidades apresentadas pela comunidade, sempre temos que avaliar a realidade do cliente e o foco do projeto, e isso pode mudar completamente o direcionamento das decisões. Entendam como cliente, uma empresa seja pública ou privada, que solicita a definição de arquitetura para um determinado escopo. Entendam como você, uma pessoa física (programador) ou jurídica (Software House e afins). Vamos começar a pensar um pouco nas situações, onde agregaremos complexidade a cada caso: Caso 1 – Sistema One Um sistema simples, onde o cliente quer apenas funcionando sem integração com outros e não precisará fornecer os fontes. Seria o melhor dos mundos para um serviço expresso, ou seja, utilizar frameworks que forneçam geração de código, bibliotecas prontas e afins. Como o sistema não terá que integrar com nenhum outro, seria o caso perfeito para freelancers, afinal, não haveriam impacto nas escolhas. Se houvesse suporte trabalharia dentro do seu centro de domínio de conhecimento, o que facilitaria qualquer mudança. Caso 2 – Sistema Two Um sistema genérico, que será modificado conforme perfil do cliente, adicionando e removendo módulos. Isso é muito comum em pequenas e médias empresas, que trabalham com produtos específicos e...

Read More

Arquitetura PHP: Iniciando…

Prezados, estou ainda me esforçando em segurar o coração dentro do peito, tamanha a alegria em finalmente ver um grupo de discussão (PHP-Architect) abrir caminhos para algo que realmente pode fazer a diferença no mercado de trabalho brasileiro de sistemas web: Arquitetura de sistemas PHP. Tenho atuado como Arquiteto de sistemas PHP desde 2008, e esse ano tem sido motivo especial de alegrias, por algumas situações: Em 2011 foram anunciadas algumas vagas para Arquitetura PHP tanto no setor público quanto privado, coisa que não tinha visto ainda. Listas de discussões em PHP (PHPDF) começaram a abordar o assunto. Agora, uma lista de discussão específica. Com isso, espero que mais profissionais interessem em Arquitetura de Sistemas, consequentemente aumente a visibilidade das empresas para a área. Há tempos PHP deixou de ser linguagem exclusiva para sites, já participei de desenvolvimento de vários sistemas web exclusivamente em PHP, mercado que até então temos visto predominância de Java e .Net. Se está afim de começar é bom ter “Um Guia de A a Z para tornar-se Arquiteto“, mas lembre-se: “Você não é (ou, pode não ser) arquiteto. Saiba o porquê (e aceite isso)“. Este é o artigo de abertura, estarei postando mais informações em breve com o intuito de apresentar os caminhos tomados e resultados práticos do dia a dia. E você o que pensa do sobre Arquitetura de...

Read More

Coding standards (Padrões de codificação)

Neste artigo falo sobre a importância, fator profissional e onde conseguir mais informações sobre esse assunto que vem crescendo dentro das empresas e criando discussões calorosas em eventos relacionados com Desenvolvimento. Por que aprender Coding Standards? Hoje em dia, fala-se um pouco sobre Code Standards. Porém, fala-se bem mais do que há 5 anos atrás. Com o “boom” do Tableless, a W3C ganhou um pouco mais de visibilidade, e seus padrões começaram a ser praticados no meio web, abrangendo apenas HTML, CSS, XML. O grande diferencial passa a ser notado quando se define Code Standards no desenvolvimento de linguagens como: PHP, JavaScript etc. A Sun tem uma ótima documentação de Code Standards. Criou, também, um sistema de documentação excelente conhecido como JavaDoc, onde há ferramentas que geram a documentação HTML e outros formatos baseados nos blocos de documentação feitos no código fonte, que normalmente é seguida pelos desenvolvedores Java e adotada como Padrão de Documentação em Código. Mais tarde, baseado nesse padrão, surgiram: PHPDoc, JSDoc e CSSDoc, seguindo a mesma base e estrutura de documentação, o que facilita a tomada de decisão com relação a qual padrão de documentação deve-se seguir daqui por diante. Qual a importância? Em se definindo e aplicando “Padrões de Codificação e Documentação”, há um enorme ganho com: Facilidade de implementação; Melhorias no código em: Visibilidade; Portabilidade; Reaproveitamento; Redução de tempo em: Adaptação de novos...

Read More

Contato

Adicione o contato diretamente no seu celular pelo QR-Code abaixo.


QR-Code com dados de contato de Walker de Alencar